ESPORTE

        No desenvolvimento do esporte em Cambira, notadamente no futebol, paixão maior do povo, de origem de italianos e espanhóis, destacaram-se Armando Calsavara, os irmãos Domingos, Anibele e Luiz Marezi, Lázaro de Paula Rodrigues, Olívio Marafon, Antonio Abílio Sabbag, Eros Boscardin Torres, Ricardo e Romualdo Sperandio, Alcides e Mário Pichelli, José Delvaz Guillen, Pedro e Florindo Picoli, Osvaldo Marreis, Raul Pichelli, Lázaro Barcelos, Narciso Capeloto, José Antonio Pichelli, Fernando Marques Pedro Moleiro, Antonio Sebastião Lorejan (Bagre), José Decíneo Catâneo e Leonildo Garbelim, uns ocupando a Presidência da Associação, outros atuando como responsáveis técnicos, roupeiros e tantas outras funções de alto valor.
       Inicialmente os pioneiros fizeram um campo no sítio da família Carneiro. Posteriormente foi adquirido uma área de terras junto à Família Calsavara, entre as atuais Av. Canadá e a Rua Uruguai e aí foi feito o primeiro campo de futebol de Cambira (Hoje encontra-se algumas casas e a Secretaria Municipal de Cultura), com destaque para o trabalho de Armando Calsavara, Domingos Marezi e Lázaro de Paula Rodrigues. Em 1964 foi oficialmente criado e registrado o Cambira Esporte Clube, tendo à frente o Sr. José Daniel Kiellander. Na gestão do Sr. Antonio Abílio Sabbag o estádio foi cercado em madeira. Em gestões posteriores o estádio foi transferido para a sua atual localização, com a denominação oficial de Estádio Municipal “Luiz Marezi”.
       Sob a denominação de Cambira Esporte Clube, a equipe de futebol local participou ativamente, a partir de 1966, dos campeonatos promovidos pela Liga Amadora Regional desportiva de Apucarana - LARDA, com grande destaque, sem entretanto lograr êxito. Só em 1980, já sob a presidência de José Antonio Pichelli, tendo como técnico, na fase classificatória Antonio Sebastião Lorejan, e no Quadrangular Final, Narciso Capeloto, o CEC sagrou-se campeão; o feito repetiu-se no ano seguinte, na direção técnica de José Delvaz Guillen, e foi vice-campeão no ano de 1982. Infelizmente, por motivos vários, foi decaindo até chegar à situação de total insolvência.
       Em 1973 elegeu-se uma diretoria bastante heterogênea, tendo na Presidência o Sr. Narciso Capeloto, e graças ao trabalho unido e coeso, foi possível construir-se um salão para bailes, que tornou-se a 1ª sede oficial do CEC. O prédio existe até hoje, e serve para abrigar uma indústria.
       Enumerar os esportistas que já vestiram a camisa do CEC seria cometer injustiças caso olvidássemos alguém, razão pela qual preferimos não citá-los, deixando à memória popular cultivar os seus ídolos passados.
       No voleibol o grande incentivador foi o professor Manoel Parra. Formando pela 1ª vez uma equipe de voleibol e pela 1ª vez Cambira participava dos Jogos Abertos do Paraná, no ano de 1977 no município de Apucarana.
       A equipe era formada pelos atletas: Antônio Robson Picoli, Jaime Rivelini, Luiz Carlos Ambrósio, Rubens e Renato Beleze, Robson Nakad e outros.
       De lá para cá esse esporte foi sendo aceito por jovens e acabou vindo outras equipes, as quais têm representado dignamente Cambira nos certames oficiais, principalmente escolares e regionais.
       O Ginásio de Esportes foi iniciado na gestão de Florindo Picoli e concluído na gestão de José Decineo Catâneo. Em 1990 tivemos também a inauguração do campo de futebol suíço anexo a ele, dando início assim às atividades de futebol de salão, futebol suíço, voleibol e malha. Desde o início, o ginásio teve a gerenciá-lo o Sr. Ansegire Soncine Filho (Junião), com grande destaque dos seus comandados no futebol de salão. Seus meninos como ele mesmo se refere, trouxeram para Cambira muitos títulos: títulos regionais, estaduais e até mesmo nacionais.
       Na gestão do Binha, vários campos de futebol da zona rural receberam gramados, alambrados e vestiários, difundindo assim a prática do futebol de campo. Posteriormente, foi construída a quadra da Escola “Antonio Carlos”, em Sete de Maio, já que os Colégios “Cesar Lattes” e  “Rosa Delúcia Calsavara”,  em Cambira, já tinham sido beneficiados com quadras nas gestões do Picoli e do Binha, além da quadra polivalente na Av. Canadá, construída na gestão do José Alves Pereira. 
Na gestão de Laércio Barriquelo foi construído o Ginásio de Esportes do Jardim das Flores, posteriormente denominado “Antonio Sebastião Lorejan”, projeto de iniciativa do vereador José Antonio Pichelli, para homenagear o Bagre, um dos maiores esportistas de Cambira.
Na gestão atual de 2005 foi criada pela Prefeitura a Secretaria de Esportes, tendo como Secretário Fábio José Cataneo, que formou uma excelente equipe de trabalho e vem dinamizando o setor esportivo em todo o município, especialmente em futebol de campo, paixão maior de nosso povo. Participa de campeonatos regionais nas categorias menores, e recentemente sagrou-se campeão na Copa.......... Sob o comando do ex-jogador profissional Hélio Carreira, as equipes infantil e infanto-juvenil obtiveram sucesso nas competições em que se envolveram. Com a saída desses dois bons administradores, o Departamento de Esportes está sob a direção de ........................, auxiliada por Ricieri Marques Nita, pelo .... popular Sabiá e contando ainda com a participação do professor estadual Everaldo Sarzi, os quais organizaram o Campeonato Municipal de Futebol de Campo, os eventos esportivos do Trabalhador, os Jogos do Comércio e os Jogos de Inverno, com excelente participação e organização. A equipe por eles comandada participa ainda do Campeonato .........
       A grande diferença entre o passado e o presente está em que, no passado, as equipes de futebol eram mantidas pela vontade popular; os jogadores não recebiam nada e praticavam o esporte por prazer. A partir do momento em que os atletas passaram a serem pagos pelos jogos e as ingerências alheias ao esporte, tivemos uma decaída violenta no futebol, em face dos interesses eleitoreiros, e o afastamento das pessoas em função de ideologias diferentes.
       Hoje o grande público se concentra no Ginásio de Esportes “Eros Boscardin Torres”, para apreciar os Jogos de Inverno de Cambira, jogos esse que são realizados todos os anos nos messes de maio ou junho e atrai multidões. 
Com a construção do Ginásio de Esportes Antonio Sebastião Lorejan, o Bagrão, no Jardim das Flores, e de quadras esportivas em todos os colégios, tivemos uma melhor dinamização de várias modalidades esportivas e o advento da prática de outras atividades, como aulas de capoeira, kung-fu, etc.