Dedicatoria

partir das quatro horas da manhã, horário que dava início ao seu expediente de trabalho, pela sua preocupação com a história de nosso Município, bem como pelos lindos versos que compunha. Pela dedicação ao trabalho, e pelo que muito fez pelo município, merece ter seu nome perpetuado, especialmente na área da educação e da cultura.       

Dedico este trabalho à memória do Sr. Haroldo Victor Lor, Secretário do Município nomeado em 1964, que me escolheu para auxiliá-lo na Secretaria da Prefeitura Municipal de Cambira, e que, ao me transmitir seu vasto conhecimento, sempre recomendava “Não negue o que sabe a ninguém, porque de insubstituíveis o inferno está cheio”. 
       Ao seu trabalho Cambira deve toda a estruturação dos seguintes órgãos: Secretaria; Cadastro Imobiliário; 1º Mapa Rural e Urbano de Cambira; do Plano Piloto de 1965; 1º Ginásio de Cambira, o Gonçalves Dias, mantido pela CNEC, de quem foi o 1º Presidente, tudo isto feito a

  À memória de meus pais - João e Ana, os quais, embora humildes colonos, se sacrificaram muito para dar-me uma educação acima de suas possibilidades financeiras.   
À minha família, em especial minha esposa Luiza, companheira inseparável de minha vida, bem como aos filhos Silvano e Simone, extensivo aos cônjuges Suzelaine e Marcos, e à Elizabete, popular Lico, ex-esposa do Sandro.        Aos meus netos - Amanda, João Otávio, Thainá e Yasmim,  a quem espero poder legar a cultura adquirida na vida, riqueza maior do ser humano.       À memória de meu filho Sandro, falecido em 16/09/1994, aos 29 anos, a serviço do Município de Cambira. 

Sandro Mareze Capeloto